segunda-feira, 27 de junho de 2011


Relatividade e tempo

Há alguns anos atrás um notório cientista nos falou que o tempo era relativo, que era apenas um ponto de vista, um ponto que poderia ser diferenciado em cada situação.

O que este brilhante cientista nos falaria a respeito de um novo tempo, “o hoje”?

Eu acho que ele usaria nas seguintes palavras; A passividade do homem em relação ao tempo é deprimente, veja só; o homem tenta da maior e pior forma de compactação do tempo, o comprimindo de tal forma que homens, mulheres e crianças tentam alterar a variação natural do tempo, esta é a pior forma de brincar com o que nos define.

O homem apenas esqueceu-se de ser livre mesmo com tanta liberdade, isso por que somos escravos do nosso próprio ego, quanto mais longe chegarmos maior será o nosso reconhecimento, o que importa ser reconhecido sem ter um alto reconhecimento? Isso só faz com que joguemos fora as chaves de nossas vidas.

O que seria da vida sem uma narração, uma marcação, anos, horas e tempo?

Só temos que perceber que a menor distancia entres dos pontos é apenas “ uma” reta, então não tente construir a sua vida em linhas tortas, tempos corridos e tempos comprimidos , vá sempre para frente, e leve a vida de vagar.


7 comentários:

  1. Caraa mt boom ' , li tudo , gostei bastante . Continue com esse trabalho de escrever. Um grande abraaço . haha ' somos nós .

    ResponderExcluir
  2. Bom..porém será que ainsten diria realmente isso?

    ResponderExcluir
  3. Será que, na questão da vida, o melhor seria viver na reta? sem nada que transpasse o monótono? até porque pra se manter uma certa velocidade reduzida, o melhor é se ter curvas, pois na reta não se precisa frear e nem olhar pra trás...
    Mas o texto ficou bom!

    ResponderExcluir
  4. cara olha vamos ver como se os dois pontos focem a felicidade e o outro vc, então seria melhor que vc foce em uma reta, pois a menor distancia entre dois pontos é uma reta. mas vc tem que ir devagar para vc ver o que esta em sua volta, pois se vc passar rápido de mais vc não ira dar valor em quem andou do seu lado.

    ResponderExcluir
  5. foi apenas um achismo, Clarisse!

    ResponderExcluir
  6. sim,é do que vivemos hoje DIL,de achismo!!

    ResponderExcluir
  7. Interessante ponto de vista. Sem criticar metáforas e opiniões, tanto do autor quanto dos comentaristas, o texto ficou legal. Algo que gostaria de pontuar é que, eu, você, ou todas as pessoas que comentaram este texto, por mais que tentem não conseguirão tomar as rédeas da vida - isso é óbvio-, só se por acaso nos isolarmos do mundo e vivermos nossas vidas sem a influencia do mundo externo, digo isso pelo motivo dessa condição ser uma característica das relações e da vida que o homem contemporâneo vive. Bom, pelo menos é o que acredito.
    Abraços

    ResponderExcluir